top of page
file3.jpg.png

UMA DESCOBERTA EXPLOSIVA SOBRE O TRÂNSITO


Bomba nuclear


No último final de semana, minha esposa e eu assistimos ao recém lançado filme Oppenheimer. Nele, é contada a história de J. Robert Oppenheimer, um físico teórico americano que desempenhou um papel fundamental no desenvolvimento da bomba atômica durante a Segunda Guerra Mundial. Ele liderou o Projeto Manhattan, uma iniciativa ultrassecreta dos Estados Unidos para criar a primeira arma nuclear.


No entanto, a criação da bomba levantou questões éticas e morais sobre seu uso. Apesar das preocupações, a bomba foi finalmente utilizada em Hiroshima e Nagasaki, em agosto de 1945, levando à morte aproximadamente 260 mil pessoas, à rendição do Japão e ao fim da Segunda Guerra Mundial. A contribuição de Oppenheimer foi vital para o sucesso do Projeto Manhattan, mas, após a guerra, ele enfrentou críticas e dilemas pessoais devido ao uso da bomba. Sua história é um exemplo complexo da interseção entre ciência, política e ética.




Terminado o filme, minha esposa questiona se, na minha opinião, Oppenheimer teve alguma culpa no ataque ao Japão, tendo ele sido um dos maiores responsáveis pela criação da bomba. No meu ponto de vista ele teve tanta culpa quanto Karl Benz tem pelas mortes no trânsito. Não acho razoável, culpar quem criou a ferramenta, ainda que com finalidades bélicas, pelas vidas que ela eventualmente venha a tirar.


Além do mais, o Projeto Manhattan não apenas resultou no desenvolvimento da bomba atômica, mas também deixou um legado tecnológico vasto e diversificado. Muitas das tecnologias desenvolvidas originalmente para fins militares encontraram aplicações benéficas em uma variedade de campos, incluindo energia, medicina, ciência dos materiais e pesquisa científica em geral.



Ainda que sob protestos da minha esposa, segundo a qual nossas conversas sempre acabam mais cedo ou mais tarde no tema trânsito, não pude deixar de lembrar de uma antiga postagem, onde dois homens das cavernas discutem sobre o potencial da recém descoberta roda de causar mortes no futuro.



Não quero aqui de forma alguma minimizar os bombardeios ocorridos em Hiroshima e Nagasaki, um dos episódios, sem sombra de dúvidas, mais lamentáveis da história da humanidade. O fato é que, apenas nos últimos dez anos, o trânsito já ceifou do mundo inteiro uma quantidade de vidas 50 vezes maior. Ou seja, o equivalente à explosão de 100 bombas atômicas!


Dessa forma, fica evidente que de todas as armas inventadas pelo homem, nenhuma é capaz de tirar tantas vidas de maneira tão natural quanto o automóvel.


 

Tem interesse pelo assunto? Gostaria de ler mais textos como esse? Então adquira agora o meu livro!


129 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
SIGA MINHA PÁGINA NO WHATSAPP E RECEBA NOVAS POSTAGENS NA PALMA DA SUA MÃO!
23435_cdc8b03375b35ae73ee24facbffe12f8-16_02_2024, 15_58_25.png

Conheça a minha loja!

dribble_cart.gif
file1.jpg.gif
Sorteio Acorde.png
27124345-a-laranja-semi-caminhao-dirigindo-atraves-a-estrada-dentro-atrasado-tarde-de-por-

DIRIJA O SEU FUTURO

Conheça nossos Cursos Especializados de Trânsito.

bottom of page